quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Nunca...

"Se arrependimento matasse, eu já estava morta e estirada... Que tal uma bala perdida?".

____________________________________________________________

Pensando e logo existindo, cheguei a conclusão de que estou tão fudida...
Preciso aterrar, jogar cimento e caminhar...
É assim que deve ser, não?
Preciso sumir, falta não vou fazer, nunca faço.
Queria um colo, mas não tenho.
Me sinto uma idiota...
É, nunca deveria ter dito...
Nunca deveria ter sentido...
Havia me esquecido que isso não é pra mim.
Nunca foi.
Desculpe-me por sentir, gostar e querer.
Sou um personagem que entra em cena na hora errada e solta sua fala em momento inoportuno.
...
Sorry.

Bjs

Um comentário:

Ice disse...

A vida eh tipo uma peça mal escrita, em q ng ensaiou, o teatro tah uma merda e n tem platéia acordada... Soh nos resta encenar pra nós mesmos =)